Boi Wagyu

Boi Wagyu: saiba tudo sobre essa raça de bovino

A raça de boi wagyu é uma das mais caras do mundo e não é pra menos pois a qualidade da carne é muito superior à de outros animais. Afinal, essa raça possui qualidades genéticas que tornam sua carne única.

Portanto, se você quer conhecer mais a fundo sobre essa raça de boi, continue conosco a leitura do texto a seguir. Nele vamos contar um pouco sobre a história dessa raça de boi e como é feito a bovinocultura dessa raça.

O que é o boi Wagyu

A primeira coisa que você deve compreender é o que de fato é o Boi Wagyu. Assim como todos os animais, os bovinos possuem subdivisões ou raças. Cada uma dessas raças possuem características próprias que as tornam únicas.

Porém, existem aquelas que se destacam entre as demais raças, como é o caso da raça Wagyu. A raça surgiu no Japão, no século 2 e servia como tração para que os camponeses realizassem o plantio nessas áreas.

Contudo, logo começaram a perceber que esses animais possuíam um grande porte e começaram a usá-la para comer. E aí foi descoberta uma das carnes que hoje é considerada a mais saborosa do mundo.

Por conta disso, o Boi Wagyu passou a ser considerado uma carne especial e seu valor tem a ver com isso. Um dos principais motivos é a gordura presente na carne do animal. Chamado de marmoreio pelos especialistas em carne, essa gordura torna o sabor da carne ainda mais especial. Isso ocorre pois essa gordura derrete e deixa a carne com um sabor único.

Onde o Boi Wagyu é criado?

O Boi Wagyu é uma raça japonesa. Porém, isso não significa que ela não possa ser criada em outros países. Um dos principais países que criam a raça é o Brasil. Isso mesmo, nosso país possui uma bovinocultura de corte muito forte.

São diversas criações espalhadas por todo país e a raça Wagyu foi introduzida no Brasil. Porém, a raça exige que seus criadores a tratem de forma diferente. Em primeiro lugar, a ração deve ser especial para que o animal consiga atingir todo seu potencial. Afinal, a raça é muito exigente.

Essa ração, por exemplo, possui mais de 15 itens em sua composição. E o animal não pode ficar em um ambiente que gere estresse, pois prejudica o desenvolvimento do animal. Mas para os criadores isso tudo é feito com gosto.

Afinal, o animal gera um lucro muito alto.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.