Haworthia fasciata

Haworthia fasciata: conheça tudo sobre essa planta

São tantas plantas ricas em beleza que nem nos damos conta. Um exemplo disso é a planta Haworthia Fasciata. Da família das suculentas, essa é uma das plantas mais simples de serem cuidadas, mas mesmo assim algumas pessoas ainda erram.

Assim sendo, no texto a seguir separamos algumas dicas de como cuidar da Haworthia Fasciata. E não para por aí, também vamos contar um pouco da história dessa planta tão amada. Continue lendo para saber mais.

Um pouco sobre a planta-zebra

Em primeiro lugar vamos contar um pouco sobre a história da Haworthia Fasciata. Conhecer mais a fundo sobre a planta que desejamos ter em casa é importante para que os cuidados com ela sejam eficientes. Então, é importante que você leia esse tópico.

A planta faz parte das chamadas suculentas. De forma simples, o termo suculenta serve para definir um grupo de plantas que conseguem reter água. Assim sendo, os cactos e mais uma infinidade de plantas com o poder de reter líquido.

Essa retenção é o principal meio de sobrevivência da planta. Dessa forma, a Haworthia Fasciata faz parte do grupo por absorver e armazenar a água em seu interior. Isso faz com que a planta sobreviva aos mais variados climas e até à estiagem.

Outro nome dado para a Haworthia Fasciata é planta-zebra. O nome é devido a suas manchas brancas que a tornam ainda mais bela.

Haworthia fasciata: como cuidar

A suculenta é uma das indicadas por iniciantes que desejam aprender a cuidar de plantas. Pois, a espécie não exige muitos cuidados e os poucos que ela requer são bem simples. Em primeiro lugar, a planta requer luz solar direta.

Mas isso não significa apenas colocar a planta no sol e deixá-la. É preciso realizar isso com calma e no tempo da planta. Visto que colocar a planta no sol sem prepará-la pode acabar com suas lindas folhas.

Contudo, a planta realiza um processo de descanso no inverno. Então, nessa época a planta deve ficar na menor temperatura possível. Especialistas em plantas recomendam que a temperatura não passe dos 10ºC.

Por último, o ideal para a rega dessa planta é fazê-la de forma diária durante a primavera e o verão. Porém, essa rega deve ser feita apenas no solo que rodeia a planta e nunca nas folhas. Já no inverno evite ao máximo regá-la e apenas ofereça um mínimo de água.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.