Vaca da raça Guzerá

Guzerá: conheça tudo sobre essa raça

Quando falamos em raças bovinas, a Guzerá é uma das mais importantes para nós brasileiros. Pois, ela foi uma das primeiras raças a chegar em nosso país e mudou a forma como nossa pecuária funciona.

Ela é uma das raças mais famosas e populares do nosso país. O motivo é sua beleza e claro, seus diversos usos como, por exemplo, na bovinocultura de leite. Além disso, ele foi a primeira raça zebuína que chegou em nosso país.

Logo ele se tornou uma importante raça para nosso país e ajudou em diversos ramos, como até mesmo produção de café. Porém, não para por aí e você vai se surpreender com a relevância que essa raça possui em nossa pecuária.

No texto a seguir você descobre qual a origem da raça Guzerá, quando e como ela chegou ao Brasil. Por fim, vamos contar quais as principais características que essa raça possui. Então, continue a leitura e descubra tudo isso e muito mais!

Origem da raça Guzerá

Quando falamos em raças importantes para a história da pecuária, a Guzerá se torna uma das mais famosas. Pois, ela mudou a história da pecuária não só do Brasil, mas do mundo como um todo.

Tudo indica que o animal tenha surgido no ano 1500 a.C. sendo uma das raças mais antigas do nosso planeta. Além disso, estudos afirmam que a raça surgiu na região da Índia. Segundo a Associação de Guzerá e Guzolando do Brasil, alguns registros mostram que o animal vivia na Índia, Paquistão e até mesmo no Iraque.

Assim sendo, não existem formas de concluir qual sua verdadeira origem. Mas a raça é considerada Zebuína e é muito importante para a história do país indiano. Pois, o símbolo do Ministério da Agricultura do país é um boi Guzerá.

Outro nome que o animal pode receber é Kankrej.

Guzerá no Brasil

Agora vamos contar a história da chegada do animal ao Brasil. Por mais que hoje nosso país seja conhecido por sua pecuária, nem sempre foi assim. Portanto, há alguns anos foi preciso importar algumas raças para dar início ao processo pecuário.

Assim sendo, a primeira raça zebuína que chegou ao nosso país foi a do boi Guzerá. O motivo, não foi a pecuária, e sim uma forma de puxar vagões com café, no estado do Rio de Janeiro. Porém, alguns pecuaristas usaram o animal para produção de leite e carne.

Um dos gatilhos que fizeram a raça se tornar ainda mais popular foi a abolição da escravidão. O motivo era sua produção de carne e leite. Dessa forma, no século 20 a raça se tornou uma das mais famosas em nosso país.

Claro, ela passou por momentos de dificuldades, mas ainda assim, resistiu de forma heroica.
Ocorreu, nos anos de 1978 a 1983 uma seca muito forte no nordeste brasileiro. Assim, muitos animais morreram, mas o Guzerá resistiu e se tornou uma das principais raças presentes na região do nordeste brasileiro.

Ao todo, hoje essa raça representa 4% de todo o rebanho nacional.

Características do animal

Uma das principais características é seu baixo custo de criação e tratamentos baratos. Além disso, o Guzerá é tido como uma raça rústica, Dessa forma, ele é considerado um animal resistente, mas não se reproduz com facilidade.

Outra característica importante é que ele não precisa de muitos gastos para crescer. Segundo estudos, ele consegue ganhar peso com menos alimento, quando comparados a raças como Nelore.

Por fim, a raça Guzerá produz um leite de alta qualidade e uma carne muito saborosa.


E você, sabia de tudo isso? Compartilhe o texto agora mesmo!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.